little piece from me
“Então deixa que as coisas se renovem, e que as perdas tenham mais de um sentido, que os vazios te ofereçam mais espaço, pra que a vida te compense com o impossível."

❝ Ando por aí querendo te encontrar. Em cada esquina paro em cada olhar. Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar. Que o nosso amor pra sempre viva, minha dádiva. Quero poder jurar que essa paixão jamais será palavras apenas, palavras pequenas, palavras, momento, palavras ao vento. Apenas palavras pequenas. Palavras.❞

—Cássia Eller.  (via reperdoar)

determinate:

vertical/personal/everything ♥

❝ Faz algum tempo que não te escrevo. Por favor, não pense que você caiu no esquecimento, que meu sentimento fez a mala e partiu, que você não significa mais nada na minha vida e nos meus dias. Tire essas ideias da cabeça e sinta aqui todo o meu amor transbordando entre essas linhas (que espero que cheguem até você e te levem um pouco de paz e alguma alegria). Infelizmente ainda não aprendi a guardar meu escudo e a pedir, seja com meus olhos falantes ou com minha voz que só observa, consolo. Realmente não consigo tirar a roupa da minha alma e mostrar um raio-x completo de todos meus segredos, faltas e anseios. Fico me poupando na tentativa de ser fortaleza, esqueço que um pouco de fraqueza mostra como somos humanos e o quanto ainda precisamos aprender e evoluir. Por favor, não pense que quero esconder de vocês todos os meus defeitos. Sou a pessoa mais defeituosa do planeta inteiro, tenho muito o que remendar, costurar e trabalhar para crescer e tentar ser alguém melhor a cada dia. Só não quero que você veja o quanto, muitas vezes, sou fraca, criança, desorientada e frágil. Não quero que você saiba como eu preciso de um carinho, de uma palavra amiga, de um apoio, de um empurrão e de um amparo. Não quero que você imagine que tudo isso que pareço ser, forte, resolvedora de pepinos cabeludos, ajeitadora de problemas e organizadora de bagunças, é ilusão. Sou uma criança que chora compulsivamente, uma campainha que toca estridente, um caminhão desgovernado que buzina freneticamente, um trovão em uma noite quente, um furacão que destrói cidades, um grão de areia perdido em uma praia cheia. Não quero que você me olhe com pena, me dê a mão por compaixão e muito menos fique por achar que não vou suportar sua ausência. Você é toda a beleza que existe em mim, onde quero chegar, para onde quero voltar. É o meu ponto de partida, o topo da montanha, meu lugar ao sol. É todos os clichês do mundo junto com palavras inventadas por quem já partiu ou chegou. É uma parte de mim e ao mesmo tempo tudo que me preenche, liberta, completa e renova a cada dia. É o frescor da vida, o sabor que fica na boca, a saudade do que ainda não surgiu. É a verdade que vive, a vontade que cresce, a certeza que amadurece. Por isso e por tudo quero estar sempre perto de você até que o dia vire noite e a vida se transforme em continuação.

Clarissa Corrêa.  (via sou-inseguro)

❝ Quando matamos uma pessoa de dentro de nós, é preciso viver todo o ritual da perda: depois da morte, a tristeza, as lágrimas, o luto, o vazio, até que o tempo a transforme apenas numa inscrição em pedra e compreendamos que quem morreu foi ela; não nós.❞

Fred Medeiros. (via teleportear)

❝ Mas se caso
o vento te levar
que os pássaros
te tragam pra cá.❞

Rômulo Eduan.  (via escritor-qualquer)

© THEME
HAZELGRACES